Já aconteceu de pesquisar por algo, entrar em uma página da web e desistir de ler porque era muito lenta? Ou, até mesmo, pelo conteúdo não ser compatível? Acreditamos que essa situação já tenha acontecido com muitas pessoas pelo menos uma vez na vida. Mas como melhorar a experiência do usuário no site?

Investir em recursos para facilitar a vida de quem navega pela sua página está totalmente ligado ao sucesso dela. Como? É só você saber que a experiência do usuário é um dos fatores que influenciam o ranqueamento do Google, um dos maiores sites de buscas do mundo. E afinal, quem não quer ficar em destaque nele?

Quer melhorar a vivência do cliente dentro do site da empresa? Então, você está no texto certo. Aqui, vamos apresentar 5 fatores que influenciam a experiência do usuário dentro da página da web. Eles vão desde o grau de usabilidade até a beleza estética. Quer saber mais? Então, continue a leitura e aprenda!

A importância da boa experiência no site

Algumas pessoas podem não se atentar para a importância do tema, mas ele é fundamental para quem está em busca de ampliar a captação de clientes. Quando vamos a uma loja física, o atendimento não é parte essencial da compra? No site, a situação não é diferente. O modo como a pessoa vai se sentir navegando na página da web influencia muito.

Uma pesquisa feita com 1.500 usuários, que foi chamada de “Why Web Performance Matters”, mostrou que 88% dos entrevistados disseram não voltar mais a um site depois de uma vivência ruim. Isso demonstra que o jeito como acontece a experiência do usuário no site ou, até mesmo, em qualquer outro aplicativo é importante para que ele tenha uma boa relação com o seu conteúdo.

A User Experience (UX), como é conhecida, é a qualidade que o internauta tem ao interagir com aquele conteúdo online. E não se trata apenas do design e, sim, de toda a interação que acontece, desde as primeiras impressões até aquela relação na pós-venda do produto. E aí, conseguiu entender a importância da UX para o bom desenvolvimento do site? Esperamos que sim, pois agora vamos apresentar aqueles cinco fatores que citamos. Vamos lá conhecer?

Fatores que influenciam a experiência do usurário no site

Bom, agora que conseguimos deixar claro (esperamos que sim) para você sobre a importância da experiência do usuário no site, vamos, sem mais delongas, citar os cinco fatores que influenciam essa vivência. Eles vão desde o grau de usabilidade daquela página até a organização dos elementos visuais. Vamos saber mais sobre eles?

1. Grau de usabilidade

Para oferecer uma boa experiência do usuário no site, ele deve ser, no mínimo, funcional, ou seja, ter usabilidade. De que adianta ser bonito, rápido e de fácil acesso, se não tem utilidade para o cliente? E como podemos deixá-lo melhor? Dando a ele acesso mobile, por exemplo.

Uma pesquisa, feita pelo IBGE e divulgada pelo PNAD Continua TIC 2016, mostrou que 94,6% dos brasileiros acessaram a internet no ano por meio do celular. O número é grande, não é mesmo? Isso indica que facilitar a navegação por meio dos smartphones é essencial para uma boa experiência dos usuários no site. Sendo assim, sua página vai ser muito mais útil para aquele cliente em potencial.

2. Beleza estética

Quem diz que beleza não é importante está mentindo. Lógico que ela não representa tudo na experiência do usuário no site, mas é uma parte essencial para que ela se torne agradável. Você já deve ter se deparado com aqueles sites que parecem ter saído diretamente do Power Point e estão completamente desatualizados. Pense, se para você a experiência não foi boa, por que para o outro vai ser?

Ter um bom planejamento das mídias que serão usadas, também, faz total diferença na experiência do usuário do site. Nada de sair utilizando imagens de baixa qualidade, principalmente, se o foco for no e-commerce. Invista em boas fotos, que traduzam o produto original.

Tenha cuidado, também, na hora da escolha das figuras ilustrativas. Saia do mesmo, evite usar aquelas que já estão nos sites dos concorrentes. O seu público-alvo quer ver um diferencial, algo novo.

3. Qualidade de conteúdo

Então, você deixou o site usual e com uma beleza estética de invejar qualquer concorrente. Mas e seus conteúdos, estão oferecendo o que ao cliente? Não adianta nada ele entrar no site, gostar do design, mas não aproveitar as informações que ele contém.

Os usuários procuram por informações, novidades ou, até mesmo, formas de se entreter. E independentemente do objetivo da busca, na experiência do usuário no site é essencial oferecer qualidade no conteúdo, ou seja, algo que realmente vai ser útil para ele. Se a página fala sobre produtos, é importante garantir que estejam disponíveis as especificações, fotos e outros detalhes. Agora, se está querendo se informar, é necessário ter bons artigos e peças que vão ajudá-lo de alguma forma.

4. Organização de elementos visuais

Para uma boa experiência do usuário no site, é necessário ter uma organização dentro dessa página. Não pode ter fotos soltas, conteúdos sem títulos ou bugs. Ter um layout arrumado é essencial para converter aquele potencial cliente. No mundo corrido no qual vivemos, as pessoas têm pressa e buscam informações de forma rápida e efetiva. Afinal, ninguém quer ficar vagando pela página por muito tempo, para encontrar algo que poderia ser encontrado em segundos em outro site.

É necessário cuidar da disposição dos links e checar sempre se eles estão funcionando. Caso contrário, você pode perder muitas oportunidades de negócios. Já imaginou, se a venda de um produto está em baixa por que o link para ele está quebrado ou leva a outra coisa aleatória? 

5. Facilidade em percorrer fluxo de recursos

Quando você está em um site de compras, por exemplo, e quer finalizá-la, mas não consegue, isso deixa a impressão muito ruim, não é mesmo? Lembre-se de que, você tem cinco segundos para chamar atenção e convencer seu usuário a ficar no site. Se ele demorar mais que isso para carregar, tem chances de ter 11% a menos visualizações na página. Além disso, 25% dos usuários não vão visualizar se ele demorar mais que 4 segundos para carregar.

Então, se você quer que a experiência do usuário no site seja boa, é realmente necessário atentar-se a esses detalhes. Opte por elementos que sejam mais leves, que não lotem a página de detalhes desnecessários e desfavoreçam a sua agilidade.

Então, como podemos ver neste texto, é importante que experiência do usuário no site seja positiva para que a página tenha um bom ranqueamento no Google, por exemplo. Para isso, apresentamos 5 fatores que influenciam nessa vivência e vão ajudar você e a sua empresa a ter melhores resultados na web.

Você gostou deste conteúdo? Esperamos que sim! E para ter mais materiais iguais a este, assine a nossa Newsletter!