Definir o orçamento de comunicação é o primeiro passo para que se tenha uma base para o planejamento anual de ações do setor, mas muitos gestores acabam ignorando essa fase tão importante do processo de uma empresa.

Isso acontece por conta da falta de comprometimento da alta gestão que, muitas vezes, reduz o investimento em comunicação acreditando que assim estarão aumentando a margem de lucro da empresa.

Nesse cenário, não ter um orçamento para a comunicação faz com que os cortes sejam mais recorrentes e, com isso, as ações do departamento acabam ficando em segundo plano.

No entanto, é dever de todo gestor de comunicação e marketing defender o orçamento e, com isso, garantir que as ações do setor sejam realizadas.

Quer saber como definir o orçamento de comunicação? Então, confira este post que preparamos para você!

Qual a importância de definir o orçamento de comunicação?

Ter um orçamento de comunicação definido torna possível avaliar cuidadosamente para onde os recursos estão sendo direcionados e você poderá calcular com mais facilidade o retorno sobre o investimento (ROI), além de identificar quais campanhas de comunicação tiveram o retorno esperado e os ajustes que precisam ser feitos na próxima campanha para potencializar ao máximo o recurso investido.

Quais os principais investimentos devem ser considerados?

Antes de falarmos no investimento propriamente dito, temos algumas questões para analisar. Isso porque, não podemos tratar o orçamento de comunicação apenas como a divisão de valores monetários e a realização de pequenas ações. É necessário evidenciar a relevância de cada passo e projetar o impacto nos resultados da empresa para cada ação.

Por isso, na hora de definir o seu orçamento de comunicação, tenha em mente os itens que apresentaremos a seguir!

Objetivos

Antes de começar a distribuir verba por veículo e contratar pessoal, é preciso definir os objetivos do seu planejamento anual de comunicação.

É fundamental fazer o planejamento antes de colocar as cifras, para que você adeque as estratégias, de modo a garantir que elas sejam atingidas.

Após isso, é hora de pensar nas metas a serem alcançadas nos objetivos do plano de comunicação:

  • redes sociais;

  • marketing de conteúdo;

  • participação em eventos e feiras;

  • ações offline;

  • veículos para divulgação.

Público-alvo

Para todos os pontos, é preciso considerar o público-alvo, quais são seus hábitos e interesses, onde eles estão, entre outros fatores.

Ainda, é necessário verificar também o valor que será disponibilizado para essas ações — isso porque, algumas são muito mais onerosas do que outras.

Uma vez definido como será feita a comunicação com o público-alvo, é chegado o momento de estabelecer as métricas. Sem elas, suas estratégias de comunicação perdem relevância!

Métricas

As métricas são números que tornam possível analisar o andamento das ações de comunicação. Uma estratégia de inbound marketing, por exemplo, poderá ter como métrica a quantidade de leads cadastrados em um período de tempo, enquanto um site pode ser avaliado pela quantidade de visitas que recebeu durante o mês.

Portanto, é fundamental estabelecer os indicadores para as suas estratégias. Também conhecidas como KPIs (do inglês, Key Performance Indicators), eles são indicadores que conduzirão as decisões para o sucesso da estratégia.

Como avaliar o investimento realizado?

Você pode avaliar o investimento realizado em comunicação com o Return On Investment (ROI). Trata-se de uma maneira de avaliar, posteriormente, a eficácia do plano de comunicação.

A análise do ROI torna possível descobrir se o orçamento foi bem-sucedido e se o retorno esperado foi alcançado. Essa métrica é calculada a partir de tudo o que foi gasto com cada estratégia e tudo o que foi arrecadado em decorrência delas. Permite avaliar cada investimento feito. Quanto melhor o ROI, maior a aceitação do seu plano e orçamento.

Suponhamos que o ganho da sua organização tenha sido de 100 mil reais e o investimento inicial tenha sido de 10 mil:

ROI = (100.000 – 10.000) / 10.000

ROI = 9

Nesse caso, o retorno sobre o investimento foi de 9 vezes o inicial. Também é possível multiplicar o resultado por 100 para obter a porcentagem — agora o retorno é de 900%.

Afinal, quanto investir no orçamento de comunicação?

A resposta para a pergunta acima é: depende — do momento da sua empresa, do público-alvo, do mercado, entre outras variáveis. No entanto, é possível usar alguns parâmetros. Acompanhe!

Novas empresas

Para organizações que estão no mercado há menos de cinco anos, o investimento sugerido é de 12 a 20% de sua receita bruta ou receita projetada. Isso porque, essas empresas precisam se esforçar mais para serem lembradas.

Empresas estabelecidas

Para as empresas que estão na ativa há mais de cinco anos e que possuem alguma participação de mercado, ou seja, têm posicionamento de marca, é sugerido investir entre 6 e 12% de sua receita bruta ou receita projetada.

Embora possa parecer um valor elevado, é importante lembrar que empresas novas e emergentes, que almejam conquistar fatias de mercado e queiram desenvolver o reconhecimento da marca, precisam de um esforço grande de comunicação.

Por fim, uma vez que a marca esteja estabelecida, esse número cai significativamente.

Fique de olho no mercado

Na hora de definir seu orçamento de comunicação, é importante que você tenha informações mercadológicas em mãos. Para ter acesso a esses dados, conte com empresas ou consultorias especializadas, que tenham as competências e experiências necessárias para fazer esse levantamento e poder ajudar você nas decisões.

Outra forma de acompanhar o mercado e se manter atualizado é ficar atento às notícias relacionadas ao assunto — afinal, informação nunca é demais, não é mesmo?

Para isso, assine newsletters, crie alertas, acompanhe blogs de organizações que estão à frente da concorrência, relacione-se com agentes do mercado e esteja envolvido no ambiente de negócios da sua empresa.

Todas essas ações favorecem, e muito, o conhecimento das principais tendências e os cenários futuros para o seu segmento de mercado, ajudando a definir o orçamento de comunicação da sua empresa.

Portanto, com um planejamento estratégico alinhado à alta gestão, um estudo de mercado em mãos, o acompanhamento diário e a análise de KPIs, o orçamento de comunicação da sua empresa tem grandes chances de ser definido de forma coerente com as necessidades do negócio, resultando em sucesso para a marca!

Gostou do post? Quer saber mais a respeito? Então, entre em contato conosco! Estamos prontos para atendê-los!