A batalha pela atenção do consumidor nunca foi tão acirrada quanto hoje em dia. Desse modo, as empresas sempre estão em busca de novas maneiras para exibir anúncios publicitários online, gerando uma mudança na produção e na circulação de conteúdos comerciais.

Nesse contexto, surge a publicidade nativa. Essa forma de divulgação online gera novas oportunidades de atrair a atenção dos consumidores de maneira não intrusiva e, assim, gerar um maior engajamento entre marca e clientes.

Quer saber mais sobre esse tipo de publicidade e como ela pode ser aplicada em suas estratégias de marketing digital? Então, acompanhe o texto!

O que é publicidade nativa?

Publicidade nativa ou native advertising é um tipo de publicidade na web que tenta chamar a atenção do leitor por meio de um conteúdo disponibilizado no contexto da experiência do usuário. Ou seja, a mensagem publicitária integra-se de modo sutil ao veículo em que está inserida.

Assim, o consumidor acaba não reparando muito que se trata de um comercial, o que gera mais interação e chama a atenção dele. Alguns internautas não conseguem identificar os anúncios como anúncios.

Para agregar mais credibilidade ao conteúdo, a mensagem não deve ser percebida como publicidade. Dessa forma, a publicidade nativa é menos intrusiva, um método natural e esteticamente mais agradável.

A forma integrada de publicidade nativa depende da plataforma de mídia em que ela está inserida. Por exemplo, no Facebook, as colocações de publicidade nativa podem aparecer como histórias patrocinadas ou anúncios de postagens na página.

Desse modo, percebemos que a publicidade nativa é um tipo de mídia convergente que combina a mídia paga com a forma de mensagens comerciais totalmente integradas. O conteúdo online é bastante diversificado podendo, por isso, assumir diversas formas. Confira os principais estilos de publicidade nativa:

  • marketing de conteúdo com linkagens promovidas;

  • conteúdo patrocinado;

  • publicidade em feeds sociais no Facebook, Twitter, Yahoo, YouTube, LinkedIn, Instagram e BuzzFeed;

  • widgets com recomendação de conteúdo;

  • motores de buscas com unidades de pesquisas pagas.

Graças à publicidade nativa, o conteúdo promocional evoluiu e agora envolve o internauta, deixando de apenas oferecer um produto ou serviço de modo intrusivo. Ela surgiu para adequar o conteúdo de maneira mais dinâmica e personalizada para melhorar a experiência do usuário.

Segundo o Native Advertising Institute, 86% dos leitores entrevistados respondem positivamente à publicidade nativa. Portanto, a taxa de rejeição desse tipo de publicidade é bem pequena.

Algumas empresas se destacam com a publicidade nativa, como é o caso do Google com o próprio buscador de pesquisas em que os anúncios vão aparecendo junto aos resultados das buscas. Ele também utiliza o formato native ads no Gmail e no YouTube.

Quais são as características que devem ser consideradas em anúncios nativos?

Para que uma campanha native ads atinja os seus objetivos, algumas características de um anúncio nativo merecem destaque. O IAB aponta as perguntas que devem ser feitas para que o profissional de marketing atinja os objetivos de um anúncio nativo. Dentre elas, indicamos as seguintes:

  • como o anúncio se encaixa no design da página? — formato;

  • o anúncio funciona com os outros elementos da página? — função;

  • os anúncios se misturam aos conteúdos ao seu redor? — integração;

  • o anúncio está posicionado em uma página específica ou em várias redes? Ele atinge qual público-alvo? — targeting;

  • quais são as métricas necessárias para avaliar os resultados? — mensuração;

  • a informação do anúncio é clara e visível? — categorização.

Agora, confira algumas boas práticas para a utilização da publicidade nativa nas mensagens comerciais:

  • não use textos muito longos para não cansar e desanimar os leitores;

  • escreva títulos e descrições criativas e atraentes;

  • utilize as informações de suas redes sociais e blogs para embasar as suas decisões estratégicas;

  • transmita emoções por meio de imagens e frases impactantes;

  • use os textos para direcionar o leitor para a próxima etapa;

  • não crie anúncios sensacionalistas e enganosos;

  • invista em peças publicitárias visualmente atraentes;

  • gere informação relevante e apresente os benefícios de seu produto ou serviço;

  • use conscientemente as informações coletadas dos usuários;

  • faça o tagueamento corretamente.

Como fazer uma campanha de native ads?

Identifique o seu público-alvo

Em qualquer estratégia de marketing digital, é fundamental definir quem são os potenciais clientes da empresa. Então, o primeiro passo é identificar quem é o público-alvo. A partir dessa informação, será possível definir a melhor linguagem para se comunicar com os consumidores.

Escolha a plataforma

Há duas ferramentas muito utilizadas para criar uma campanha nativa na web, Taboola e Outbrain. Analise as principais diferenças de cada uma e veja qual delas atende melhor às suas necessidades.

Avalie também os canais de comunicação mais utilizados pelos seus consumidores. A publicidade nativa pode ser utilizada em sites de notícias, redes sociais ou blogs.

Defina os custos

Você deve ter em mente o orçamento a ser investido na publicidade nativa, pois será necessário informar o quanto você está disposto a pagar por clique em um anúncio nativo, qual o limite total de custos de uma campanha e o limite diário.

Planeje e prepare a sua oferta

Defina o nome da sua campanha, a data de início e de fim da distribuição do conteúdo e delimite a segmentação. Depois, insira a URL do conteúdo que será anunciado e confirme todas as informações.

Acompanhe os resultados

As ferramentas de criação de anúncios nativos permitem acompanhar e avaliar as campanhas criadas. Dessa forma, é possível fazer alterações, quando necessárias, para melhorar os resultados. Acompanhe o número de visualização dos anúncios, o número de cliques realizados e o tempo médio gasto na página de destino do anúncio.

Para a criação de uma campanha de native ads, é sempre bom contar com uma grande aliada, como as agências de publicidade e propaganda. Com a expertise de uma agência, podem ser desenvolvidas estratégias mais eficientes, que otimizem os custos e consigam atingir os potenciais clientes de acordo com o target da campanha.

Invista em publicidade nativa para oferecer uma experiência diferenciada para os seus clientes. Essa ferramenta é capaz de atrair a atenção dos usuários na web além de gerar maior engajamento, transmitir uma mensagem mais assertiva e aumentar o volume de conversões.

Siga nossas dicas e faça uma campanha de native ads de sucesso. Conte também com as ferramentas disponíveis no mercado para explorar os benefícios da publicidade nativa, como o Taboola e o Outbrain. Gostou deste artigo? Quer aprender mais sobre marketing digital? Então, confira nosso artigo sobre a importância do conteúdo na internet.